MUNDO ▸ MANIFESTANTES

Centenas protestam contra violência policial na Nigéria; polícia dispersa manifestantes a tiros

Policiais dispersaram a tiros mais de 1 mil manifestantes que protestavam pacificamente em Lagos, maior cidade da Nigéria, na noite desta terça-feira (20). O local está sob toque de recolher como medida do governo para tentar conter uma série de protestos que segue crescendo no país.

Testemunhas relataram à agência France Presse que ouviram muitos tiros e que precisaram correr. Vídeos divulgados nas redes sociais mostravam feridos. Estima-se que 18 pessoas morreram desde o início dos protestos, iniciados há cerca de duas semanas — não se sabe se houve mortos após a repressão desta noite.

O governo nigeriano alega que impôs o toque de recolher por tempo indeterminado em Lagos por causa de um aumento da violência entre os manifestantes. Mesmo assim, cerca de 1 mil manifestantes permaneceram nas ruas de Lagos.

Comentários