ESPORTES ▸ VOLTA

CBF planeja teste de protocolo com o masculino para projetar volta dos Brasileiros femininos no Brasil

A volta dos Brasileiros femininos Séries A1 e A2 já está em estudo na CBF, mas ainda sem data definida. A entidade tem como planejamento primeiro observar a aplicação do protocolo de segurança sanitária no masculino, que projeta início do Brasileiro para 8 e 9 de agosto, para somente depois retornar com a disputa das mulheres possivelmente com um tempo de garantia de incubação do Covid-19. O cuidado extremo da entidade é porque muitas equipes, principalmente na A2, não dão plano de saúde às atletas e elas estariam desprotegidas e sujeitas à capacidade da rede pública de saúde.

Mesmo com a demora maior no retorno, as competições não correm qualquer tipo de risco de cancelamento, de acordo com orientação interna dada diretamente pelo presidente Rogério Caboclo. Outro cuidado também foca mais na A2 já que as equipes não estão localizadas mais somente em grandes centros. Há a diversidade de locais e, com as viagens, o objetivo é garantir que os deslocamentos sejam feitos com total segurança sanitária.

Com 16 clubes, o Brasileiro Série A1 foi paralisado na quinta rodada da competição ainda com três jogos da etapa por fazer. A CBF precisaria de 10 datas para fechar a primeira fase e depois seis para a fase final, ou seja, garantiria, dependendo do planejamento, o encerramento em pouco mais de um mês. A A2 tem 36 equipes em disputa e foi interrompida na segunda rodada.

Comentários