POLÍCIA ▸ MANDADO DE PRISÃO

Capturado em Poconé, matou dono de Bar por que não quis vender fiado

O foragido da justiça capturado nesta ultima terça-feira (31), por policiais civis do município de Poconé, matou um comerciante na cidade de Poconé, porque recusou vender fiado.

O acusado, Robson Gonçalo da Silva estava com mandado em aberto, desde o ano passado, por descumprir as condições impostas no regime semi-aberto.

Além do homicídio, Robson responde também a processos pela prática de crimes de tráfico de drogas, furtos e Roubo.

Homicídio:

Em julho de 2013,  A vítima, proprietário de uma lanchonete, no bairro João Godofredo, em Poconé, foi assassinada com um golpe de faca no peito, após uma discussão com os 3 acusados. 

Segundo as apurações da Polícia Civil, o comerciante foi morto por não permitir que seus assassinos bebessem fiado, no estabelecimento.

Após discutirem com a vítima, Robson e mais dois comparsas saíram da lanchonete e retornaram algum tempo depois, desferindo um golpe de faca no peito da vítima, que não resistiu ao golpe e morreu no local.

Comentários