ECONOMIA ▸ AGRO

Caju é fonte de renda para mais de 190 mil produtores e castanha rende US$ 120 milhões em exportações

O cajueiro é nativo do Nordeste brasileiro e é fonte de renda para 190 mil pequenos produtores da região.

E, do caju, nada se perde. A castanha, por exemplo, que é a parte mais valiosa, rende cerca de US$ 120 milhões por ano na exportação. Já a casca fornece um óleo usado em tintas e vernizes.

Com a polpa, se faz a cajuína, sucos e doces e, além disso, uma novidade: a fibra é usada na produção da carne vegetal, na forma de bolinhos e hambúrguer.

Caju é rico em vitamina C e traz variedade na mesa. Caju é agro.

Comentários