CIDADES ▸ REINTEGRAÇÃO

Caixa diz que Policia vai desocupar residencial invadido em Poconé

Em Poconé, famílias que ocupam, de forma irregular, casas do Programa Habitacional Residencial Guatós I, serão retiradas a qualquer momento dos imóveis por determinação da justiça federal. 

As casas fazem parte do programa minha casa minha vida e estavam sendo construídas pelo Governo Federal e foram ocupadas de forma irregular. Cerca de 140 casas foram invadidas. Na decisão da Justiça Federal há cerca de quatro semanas, o magistrado pediu reforços da Policia Federal para realizar a desocupação.

Em reunião realizada nesta ultima terça-feira (29), o representante da Caixa Econômica Federal explicou a situação das casas invadidas. Segundo ele, em maio deste ano após a liminar da Justiça Federal para desocupação, os invasores acabaram não cumprindo a liminar.

Com o descumprimento da liminar, no começo deste mês, o magistrado expediu um novo mandado de reintegração de posse com força policial, A Policia Federal já foi oficiada e deve chamar reforço da Força Nacional para a desocupação.

O representante disse ainda que após a desocupação das residencias, representantes da Caixa e da empresa de Engenharia deverão ir até o local para averiguar se houve alguma depredação no local. Após isso, a Empresa assume novamente a Obra, onde já possui recursos para o termino e entrega aos verdadeiros donos das residencias.

O Deputado Wilson Santos que participou da reunião criticou o Governo Federal pelo desleixo em abandonar uma obra que dura há cerca de 7 anos sem conclusão e entrega. O Deputado ainda enfatizou que estará trabalhando para elaboração de projetos para que sejam construídas novas casas populares para o município de Poconé.

O Prefeito Tatá Amaral disse que fez questão em trazer representantes da Caixa Econômica Federal, para dar tranquilidade as famílias que foram contempladas, e que tão logo estarão definitivamente morando no local.

Veja o Video:

 

 

 

Comentários