NACIONAL ▸ COVID-19

Brasil atinge a marca de 500 mil mortos pela Covid-19; Pandemia vai continuar

Trágico, horrendo, pavoroso, nefasto ou ultrajante. Nenhuma dessas palavras basta para definir o impacto das 500 mil mortes causadas pela Covid-19 no Brasil. Se faltam palavras, sobram perguntas, e uma das principais dúvidas que nos afligem é:

Em busca de respostas, o G1 ouviu 106 médicos de duas especialidades fundamentais na pandemia entre os dias 8 e 14. O objetivo era responder quatro questões que apontam perspectivas para o 2° semestre no Brasil.

Os entrevistados são infectologistas (médicos especializados em doenças infecciosas e parasitárias) e epidemiologistas (especializados no controle de doenças em grupos populacionais) que apontam, em sua maioria, que:

acreditam que entre 50 e 70% da população receberá ao menos uma dose da vacina até o fim do ano;
não acreditam que adolescentes começarão a ser vacinados ainda em 2021;
acreditam que não devemos deixar de usar máscaras ainda neste ano;
acreditam que teremos outro período com mais de 2 mil mortes na média móvel diária.
Veja abaixo os detalhes de cada uma das perguntas que levaram ao apontamento destas perspectivas e, ao fim da reportagem, a metodologia e o nome dos médicos participantes.

Comentários