MUNDO ▸ LUTO

Biden lamenta morte de policial em Washington: Tempo difícil para o Capitólio

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, lamentou nesta sexta-feira (2) a morte do policial William Evans, atropelado por um criminoso que avançou com um carro sobre uma barreira de segurança na entrada do Capitólio, em Washington.

Em comunicado, Biden afirmou que ele e a primeira-dama, Jill, estão "de coração partido" e disse lamentar os recentes episódios de violência na sede do Congresso dos EUA — em 6 de janeiro, o prédio foi invadido por uma multidão de extremistas que se negavam a aceitar a derrota de Donald Trump na eleição presidencial.

"Sabemos que tem sido um tempo difícil para o Capitólio, para todos que trabalham lá e para aqueles que protegem o local", disse Biden.

Além disso, Biden também afirmou que o Conselho de Segurança Nacional está atualizando o presidente sobre as investigações. Ele ainda ordenou que as bandeiras da Casa Branca fiquem a meio mastro, assim como no Capitólio.

O policial morto, William "Bill" Evans, trabalhava na Polícia do Capitólio desde março de 2003. A corporação também ofereceu condolências à família do agente.

Comentários