ESPORTES ▸ LIBERTADORES

Banco faz a diferença, Inter ganha da Universidad de Chile e garante classificação

O Inter está na terceira fase da Libertadores. Na noite desta terça-feira, o time de Eduardo Coudet fez valer o fator local e venceu a Universidad de Chile por 2 a 0 no Beira-Rio. 

O resultado acabou construído com a força das peças do técnico. O argentino promoveu as entradas de Boschilia e Marcos Guilherme e a dupla balançou as redes de Cristóbal Campos. Boschilia entrou no lugar de Patrick, aos 13 minutos do primeiro tempo. Aos 42, aproveitou uma bobeira de Carrasco e mandou para o fundo das redes. Na etapa final, Marcos Guilherme substituiu D'Alessandro aos 16. Catorze minutos depois, acreditou no balão de Moisés, saiu em velocidade, deixou Del Pino e Campos no chão e deu números finais ao confronto

1º tempo
O Inter mandou na etapa inicial. O time de Eduardo Coudet jogou o tempo todo no campo da Universidad de Chile. Porém, tinha dificuldades para furar o bloqueio.Aos 13 minutos, Patrick precisou deixar a partida e deu lugar a Boschilia. Moisés atuava livre na esquerda, mas errava os cruzamentos e o Colorado quase não incomodava o gol de Cristóbal Campo. Aos 42, no entanto, brilhou a estrela de Coudet. Campos saiu jogando com Carrasco, que errou o domínio. Boschilia aproveitou e chutou na saída do goleiro da La U.

2º tempo

Com a vantagem no placar, o Inter teve mais tranquilidade após o intervalo. Coudet tirou D'Alessandro para a entrada de Marcos Guilherme aos 16 minutos. O Colorado trocava passes, enquanto a La U não mostrava forças para superar a marcação gaúcha. Aos 30, Moisés deu um balão. Marcos Guilherme acreditou, superou Del Pino e Campos e ampliou. Sem riscos, os donos da casa fizeram o tempo passar e garantiram a vaga.

Comentários