ESPORTES ▸ BRASILEIRO

Após nova derrota, treinador do Cuiabá vê falta de confiança no ataque

O técnico António Oliveira afirmou que faltou o Cuiabá “colocar a bola dentro da caixa”, ou seja, fazer o gol no jogo contra o Fortaleza, neste domingo (30), na Arena Pantanal. Para o treinador, está faltando confiança aos jogadores no ataque. 

O Dourado perdeu de 1 a 0 para o time cearense. O jogo foi válido 20ª rodada do Brasileirão – a abertura do returno da competição.

Oliveira destacou que, diferentemente da rodada passada - quando o Cuiabá também saiu derrotado pelo Coritiba - o setor de criação funcionou, porém o problema na hora de finalizar persistiu.

“Fizemos 20 finalizações. Criamos, tivemos ocasiões flagrantes de gol. Agora eu não posso ir lá e fazer o gol. Eu até tinha uma qualidade para finalizar. Mas estou feliz com os jogadores, não estou feliz com o resultado, isso é evidente, estamos tristes. Estou feliz pela entrega dos jogadores, pelo seguimento daquilo que era o plano estratégico do jogo, que foi cumprido”, disse.

“Mas isso a mim não traz felicidade, traz-me o sentido de que as coisas estão sendo bem feitas, que a equipe é equilibrada, que sabe o que faz dentro do campo, cria, vai de encontro do que estamos trabalhando. Portanto, não vou dizer que nos falta sorte, apesar de que a sorte faz parte do jogo, falta colocar a bola dentro da caixa, porque é ali que o futebol e os embates se decidem”, acrescentou.

Para técnico, falta confiança dos jogadores no momento de finalizar as jogadas. 

"Falta alguma confiança, menos ansiedade. Se nós não criássemos, estaria aqui de forma honesta, muito preocupado. Tenho uma confiança cega neles [jogadores], eles sabem disso. Só conheço um caminho e uma proposta para podermos ultrapassar essa situação, que é continuar a trabalhar e cada vez mais acreditar naquilo que funciona", disse.

Com o resultado, o Cuiabá caiu para 17ª posição, dentro da zona de rebaixamento, com 20 pontos.

Comentários