ESPORTES ▸ SEM RITMO

Após denuncia, Técnico da equipe do Poconé critica paralisação da Copa FMF

Com uma possível definição da denuncia que envolve a perda dos pontos do Cuiabá Esporte Clube, na primeira fase da Copa FMF, que deverá ocorrer na tarde de hoje (30), os clubes envolvidos na semifinal da copinha já começam a viver o clima de decisão. Entre eles, o Poconé Esporte Clube, a grata surpresa da competição até aqui, que se classificou com nove pontos, na quarta posição.

Alheio a toda a confusão que envolve principalmente o Mixto Esporte Clube e o Cuiabá, o Cavalo Pantaneiro usou a paralisação de quase um mês para aprimorar a parte física dos atletas e recuperar alguns lesionados.

“Infelizmente por erros de alguns, todos acabam sendo prejudicados. Tínhamos um planejamento para o andamento da competição, mas como a suspensão do campeonato foi preciso mudar esse cronograma. Com todo esse tempo parado ficamos apenas treinando e realizando alguns amistosos, isso tira o ritmo de competição dos jogadores”, afirma Thiago Costa, treinador do Poconé.

Apesar da insatisfação com a paralisação da competição o treinador do PEC mostra que a equipe esta prepara para entrar em campo já na próxima segunda-feira (03.12), conforme tabela divulgada pela Federação Mato-grossense de Futebol (FMF).

“Podemos pegar o Cuiabá ou o Dom Bosco, dependendo do resultado do julgamento, estamos ciente disso e estamos treinando dois planos de jogo para a semifinal. Independente de quem seja o adversário precisamos estar prontos para enfrentar qualquer equipe, para buscar nosso objetivo final que é o título”, declara Thiago.

Comentários