ESPORTES ▸ MERCADO

Alvo do Palmeiras, atacante Keno tem proposta milionária de clube da Arábia Saudita

O atacante Keno chegou ao Pyramids em junho por R$ 37 milhões. Desde então, se tornou o destaque do time egípcio com seis gols em 15 jogos na liga nacional. Com a indefinição sobre o futuro do clube - o saudita Turki al Sheikh, proprietário, pode retirar os investimentos -, seu destino ficou em aberto. O Palmeiras sonha com o retorno do atleta de 29 anos, mas uma proposta da Arábia Saudita pode dificultar a vida do Verdão. O Al-Ittihad tenta a contratação do brasileiro, e o negócio pode ser na casa de US$ 14 milhões (R$ 55 milhões).

Keno chegou ao Pyramids num "pacotão" brasileiro de reforços anunciados pelo clube logo que Turki al Sheikh assumiu o comando. Ribamar e Arthur Caike foram os primeiros a sair, tiveram como destino também a Arábia Saudita. Depois, o técnico Alberto Valentim foi demitido. Sobraram, além de Keno, Carlos Eduardo, ex-Goiás, e Rodriguinho, ex-Corinthians.

Mas o Palmeiras tratou de garantir a contratação do atacante Carlos Eduardo por US$ 6,5 milhões (R$ 25,2 milhões), em um compromisso de cinco anos. Rodriguinho teve seu nome ligado ao Flamengo, mas a negociação não avançou. Com a proposta milionária da Arábia Saudita, Keno pode ser o próximo brasileiro a deixar o time do Egito.

Comentários