CIDADES ▸ JURI POPULAR

Acusado de matar esposa em Poconé será julgado nesta quarta-feira

O homem acusado de matar a esposa em 2011, na cidade de Poconé, irá a júri popular nesta quarta-feira (2), com sessão marcada para iniciar às 13h00. O réu Marcelo Curvo da Silva, de 39 anos,  responde por homicídio qualificado motivo fútil, meio cruel e recursos que dificultaram a defesa da vítima. 

O suspeito tinha um mandado de prisão preventiva em Poconé (104 km ao Sul) desde 2011. A polícia chegou até Marcelo após uma troca de informações dos policiais da Delegacia da Polícia Civil de Poconé com policiais de Mato Grosso do Sul. A prisão do acusado ocorreu em Janeiro do ano passado.

Marcelo é acusado de ter matado a esposa, Isabel  Lourdes da Conceição Almeida, no ano de 2011. Em 24 de maio de 2011, a família da vítima registrou boletim de ocorrência comunicando seu desaparecimento. 

O corpo da  vítima foi encontrado em estado avançado de decomposição,  próximo ao Colégio Nazaré, na Rodovia Transpantaneira KM 03 .

O Tribunal do Júri será presidido pela juíza da Comarca de Poconé, Kátia Rodrigues de Oliveira. Deve atuar na acusação o promotor Alexandre Balas, na defesa, irá atuar a defensora pública, Clarissa Maria da Costa Ochove. O resultado do julgamento deverá ser conhecido até o fim da noite da quarta-feira (2).

Pedido de Justiça:

Familiares confeccionaram camisetas com a seguinte frase: "Não queremos uma Justiça Cega, Queremos uma Justiça Justa", Há cerca de 8 anos os familiares aguardam pelo julgamento.

Todos os Direitos reservados a Poconet Notícias.

Comentários