PT defende Padilha e diz que Lira compromete liturgia do cargo ao chamar ministro de incompetente
Fonte: Da Redação 12/04/2024 ás 14:58:24 641 visualizações

O Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou nota nesta sexta-feira (12) na qual sai em defesa do ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) e diz que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), "compromete a liturgia do cargo" que ocupa ao chamar de "incompetente" o responsável pela articulação política de Lula.

Nesta quinta-feira (11), Arthur Lira fez ataques a Alexandre Padilha durante entrevista em Londrina, no norte do Paraná. O deputado disse que o ministro "é um desafeto pessoal" e planta "mentiras" sobre a influência do presidente da Câmara.

No comunicado que divulgou, o PT manifestou "irrestrita solidariedade" a Padilha e disse que é "inegável" a "competência" do ministro de Lula.

"Ao atacar o ministro Alexandre Padilha, o deputado Arthur Lira compromete a liturgia do cargo de presidente da Câmara e ofende a harmonia entre os Poderes da República", afirma o PT.

Na nota, a legenda diz ainda que o Brasil precisa de "relações republicanas saudáveis" para superar um clima beligerante no país, provocado por disputas políticas.

"O PT reafirma seu apoio ao ministro Alexandre Padilha, repudia ataques que agridem a democracia e convoca as lideranças do país a colocarem os interesses do Brasil em primeiro lugar", conclui o partido de Lula no comunicado (leia a íntegra aqui).

Enviar um comentário
Comentários
Mais notícias