ECONOMIA

BAIXA

26/12/2016 às 22:42:45 Enviar Imprimir
Vendas de Natal do comércio têm maior queda na comparação com o ano passado
O natal de 2016 foi marcado por vendas mais fracas no comércio brasileiro. A queda foi de 4,8% nas vendas durante a semana que antecede a data, na comparação com o ano passado, segundo pesquisa divulgada pela FecomercioSP com dados da Boa Vista SCPC.

A FecomercioSP ressalva que a pesquisa contempla todos os setores varejistas, incluindo os que não são diretamente relacionados ao Natal (como concessionárias de veículos, móveis e decoração e material de construção). Isso pode ter puxado para baixo o resultado geral do comércio neste Natal.

Outra pesquisa aponta ainda que houve recuo nas vendas a prazo, indicando que os consumidores optaram por presentes mais baratos e pagos à vista. Segundo levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), as vendas a prazo tiveram queda de 1,46%, no terceiro ano seguido de recuo das compras parceladas de presentes.

“O comércio vendeu menos a prazo, mas não significa que o brasileiro deixou presentear. Os consumidores estão mais preocupados em não comprometer o próprio orçamento com compras parceladas, por isso optaram por presentes mais baratos e geralmente pagos à vista, as famosas 'lembrancinhas'”, explicou em nota o presidente da CNDL, Honório Pinheiro. “Com o acesso ao crédito mais difícil, juros, inflação e desemprego elevados, o poder de compras do brasileiro ficou muito mais limitado para compras caras.”


COMENTÁRIOS