POLÍTICA

INVESTIGAÇÃO

10/01/2017 às 00:58:27 Enviar Imprimir
Prefeito de Poconé abre Sindicância para apurar irregularidades em remédios vencidos

Prezando pela transparência e buscando regularizar todos os setores do Governo Municipal, a Prefeitura Municipal de Poconé, através do Prefeito Tatá Amaral abriu nesta terça-feira (10), uma sindicância para apurar possíveis irregularidades encontradas pela Secretaria de Saúde.

Os problemas que serão investigados são da administração passada, após ser localizados milhares de medicamentos vencidos durante a inspeção realizada no dia 05/01/2017, junto a Unidade Básica de Saúde (UBS) “Central” de Poconé.

De acordo com a Portaria, os membros da comissão têm 60 dias de prazo para concluir a sindicância. “Iremos publicar o resultado da sindicância em todos meios de comunicação e aplicar se necessário às punições cabíveis”, finaliza o prefeito.

O Caso:

Mais de quarenta tipos diferentes de medicamentos com data de validade vencida foram encontrados na semana passada. Remédios como Talidomida, Atrovente, Buscopam, Ambroxol, Plazil, Diazepan, Clonazepan, Lidocaina, além de soro fisiológico, entre outro itens estavam armazenados em uma sala do Posto de Saúde Central.

Os remédios foram encontrados após uma inspeção da Secretaria Municipal de Saúde juntamente com o Prefeito Tatá Amaral que começou a fiscalizar o município após receber da gestão anterior.

Os remédios descartados vinham da Farmácia Municipal e ficou armazenado no local por vários meses. Identificamos no local alguns tipos de remédios descartados em grande quantidade.

Exemplo como o remédio furosemida, medicamento utilizado para problemas cardíacos, hepáticos ou renais foram encontrados 30 mil comprimidos vencido. Outro remédio descartado em grande quantidade encontrado no local foi Digoxina que também é utilizado em pacientes com problemas cardíacos, na listagem consta 20 mil comprimidos vencidos.




COMENTÁRIOS