CIDADES

REFÊRENCIA

19/04/2017 às 10:06:37 Enviar Imprimir
Pousada Piuval é exemplo de sustentabilidade na FIT Pantanal 2017

Tratamento de esgoto, aproveitamento de água de chuva, coleta e tratamento de água de chuveiro e torneiras, redução dos gastos de água, uso de energia solar. Essas são algumas das ações tomadas pela Pousada Piuval, referência estadual em sustentabilidade em hotelaria e que está localizada a 10 km de Poconé (MT). O proprietário do hotel estará no estande "Pousadas Sustentáveis" e contará como a pousada aumentou em 12% as vendas de diárias, por conta das medidas sustentáveis tomadas. A FIT Pantanal 2017 acontece de 20 a 23 de abril no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

Segundo o proprietário da pousada, Eduardo Matos, o aumento da ocupação foi provocado pelas inovações da certificação ISO 15401. "Desde 2007 realizamos ações sustentáveis como contratação de mão obra local, cuidados com meio ambiente, coleta de lixo, compra de produtos biodegradáveis e de produtos a granel. Já com este objetivo decidimos buscar a certificação e começamos os trabalhos, incentivados pelos Sebrae/MT, em 2014. Após muito trabalho conseguimos certificação, em janeiro deste ano", conta.

O investimento chegou a quase R$ 300 mil em mecanismos que possibilitaram a economia de luz, o reaproveitamento de água, e a reciclagem de lixo. Matos também diz que o consumo de água na pousada diminuiu, fruto de duas ações tomadas. A primeira foi à implantação do sistema de calhas que coleta a água da chuva, que posteriormente é usada para regar os jardins e lavar as varandas. A outra ação foi à coleta da água dos chuveiros, torneiras e ares condicionados, que depois de tratada é usada nas descargas do vaso sanitário.

Além disso, o uso de energia solar, a compra de ares condicionados inverter (mais econômicos), a instalação de um sistema de economia nos apartamentos, e a troca de lâmpadas fluorescentes para as de led resultaram em economias. "Com essas alterações ocorreu uma diminuição do consumo de energia. Antes o consumo era de 19,5 kilowatts por hora, hoje se consume 15 kilowatts por hora".

Eduardo ainda finaliza que o retorno do investimento realizado para as modificações ocorrerá em até três anos, mas que com as ações adotadas ele já nota economia de recursos.

Para conseguir o certificado, a pousada teve que buscar as licenças ambientais e se adequar aos requisitos estabelecidos pelo ISO 15401. Com auditorias mensais as normativas de gestão foram implantadas. Sendo a empresarial, que estabelece procedimentos de serviços, criando padrão para a limpeza, atendimento aos clientes, e administração. O cuidado socioambiental, que prevê a atenção ao meio ambiente, redução de lixo, descarte em local apropriado. Por fim a econômica, que propõe a redução de gastos com água e luz. "Ao todo foram 89 itens seguidos", pontua Eduardo. Ele ainda complementa que a prática das medidas sustentáveis conta bastante na decisão de turistas pela pousada.

"Já estou consigo vislumbrar os resultados que queríamos e é gratificante poder ser reconhecido como uma pousada com responsabilidade ambiental"

FIT PANTANAL

A Feira Internacional do Turismo do Pantanal (FIT 2017) acontece de 20 a 23 de abril no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, e tem como tema "Sustentabilidade para o Desenvolvimento do Turismo". A feira é promovida pelo Governo do Estado de Mato Grosso e o Sindicato das Empresas de Turismo/Sindetur e conta com a parceria da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Mato Grosso (ABIH-MT) e a Associação Brasileira de Agências de Viagens de Mato Grosso (ABAV-MT). Além do apoio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) de Mato Grosso, Centro de Pesquisa do Pantanal (CPP) e Serviço de Aprendizagem Comercial de Mato Grosso (Senac/MT).



COMENTÁRIOS