ESPORTES

DENUNCIA

07/11/2017 às 01:02:33 Enviar Imprimir
Palmeiras vai abrir sindicância para apurar caso de revenda ilegal de ingressos
O Conselho Deliberativo do Palmeiras vai abrir nesta terça-feira sindicância para apurar o caso de revenda ilegal de ingressos em jogos do time, que já está sob investigação do Ministério Público de São Paulo. A informação foi publicada pelo "Lance!" e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O nome do conselheiro Mustafá Contursi está diretamente envolvido, razão pela qual o clube abrirá o processo interno de investigação paralelamente à atuação do MP.

O suposto esquema funcionaria da seguinte forma: Leila Pereira, presidente da Crefisa e da FAM, patrocinadores palmeirenses, cedia a Mustafá uma cota de bilhetes a que tinha direto. Este os repassava a uma associada do clube que se chama Eliane. Ela, então, seria a responsável por entregar os bilhetes a um membro de uma torcida organizada, que os revendia.


COMENTÁRIOS