CIDADES

ENTIDADES

14/04/2017 às 16:17:16 Enviar Imprimir
Juiz manda doar pescado apreendido em Poconé a creche e Santa Casa

O juiz responsável pelo Juizado Volante Ambiental de Cuiabá (Juvam) Cuiabá, Rodrigo Curvo determinou a doação de 185 quilos de pescado para a Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá e a creche Falcãozinho, no Porto. Os peixes entregues às entidades são de fruto de apreensão feita na última terça-feira (11), pela equipe do Juizado, na região de Porto Jofre, em Poconé.

 

O pescado foi apreendido por policiais militares do Núcleo Ambiental do Juvam em um acampamento no meio da mata. No local estavam uma caixa térmica onde era estocado o pescado, uma rede de arrasto e um tarrafão, materiais que caracterizam a prática de pesca predatória. Esta foi a terceira apreensão de pescado irregular efetuada pelo Juizado em dois dias. Nas demais foram recolhidos 315 quilos de pescado.

 

Em 2016, mais de 18 toneladas de pescado foram apreendidas pelo BPMPA em Mato Grosso. Toda a quantia foi doada para instituições filantrópicas dos municípios onde ocorreram as apreensões, como o Hospital de Câncer, Santa Casa de Misericórdia e Associação Mato-grossense dos Cegos.

 

Apreensão

 

Conforme notíciado pelo Única News , na terça-feira (11), cerca de 315 quilos de pescado irregular foram apreendidos em dois dias pelo Núcleo Ambiental do Juizado Volante Ambiental de Cuiabá (Juvam). As ocorrências foram realizadas na MT-060, na região Transpantaneira, próximo de Porto Jofre em Poconé.

 

Já na segunda-feira (10), um homem que não teve a identidade revelada foi preso com 200 quilos de pintado. Ele foi levado até uma delegacia do município, pois não apresentava nenhum documento de autorização para a pesca e nem identificação. Um veículo utilizado por ele também foi apreendido com parte da carga escondida.




COMENTÁRIOS