CIDADES

DECISÃO

13/11/2017 às 20:44:47 Enviar Imprimir
Juiz de VG manda soltar morador de Poconé que matou bandido durante assalto

O  juiz José Luís Leite Lindote, do Fórum de Várzea Grande, concedeu liberdade ao morador de Poconé, que foi preso após atirar e matar um bandido durante um assalto em sua casa, no sábado (11).

A decisão ocorreu em audiencia de custódia, na tarde deste domingo (12). O juiz entendeu que o cidadão agiu em legítima defesa e não impôs nenhuma medida restritiva.

O morador de Poconé ainda pode responder por homicídio, depende do entendimento do Ministério Público.

Um policial de Pocone, que atendeu a ocorrencia, afirmou ao , que o cidadão que atirou no bandido possui autorização para posse de arma e o revólver utilizado por ele é registrado pela Polícia Federal. A arma foi apreendida.

O caso

Dois criminosos armados invadiram a residência localizada no bairro João Godofredo, por volta de 8h da manhã deste sábado, quando o portão foi aberto por um prestador de serviço que iria limpar a piscina.

O morador disse em depoimento que estava dormindo quando ouviu a mulher dele gritando e alertando sobre a invasão dos assaltantes, que teriam feito ela e o filho do casal como reféns.

Quando os bandidos abriram a porta do quarto, onde o dono da casa estava, ele atirou contra eles e atingiu no peito o assaltante Patrick de Oliveira Spinard, de 19 anos, que estava armado e após ser atingido caiu na piscina da casa e morreu. O outro assaltante conseguiu escapar e ainda está foragido.

A equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e da Polícia Civil estiveram no local para coletar dados e iniciar as investigações sobre o caso.

O criminoso que morreu era morador do Bairro São Mateus, em Várzea Grande. A arma que estava em posse dele foi encontrada na piscina e coletada pela Polícia Civil.



COMENTÁRIOS