CIDADES

FAMOSA

10/01/2017 às 00:50:02 Enviar Imprimir
Foto tirada na cidade de Poconé é escolhida do Twitter da National Geographic
Foto de aves em Mato Grosso foi a escolhida neste domingo pela revista National Geographic em sua rede social, a foto é de Cidolar ferreira.

O araçari-castanho é uma ave Piciforme da família Ramphastidae. Um exemplar desta espécie foi a mascote de Helmut Sick quando o mesmo participou da Expedição Roncador-Xingu-Tapajós, com os irmãos Villas-Boas.

Foi presente de um índio Kamaiurá, e pelos costumes desses índios, seria uma ofensa recusar. “Um dia me apareceu Sawa-Kabá, um Kamaiurá de meia-idade, com um filhote de araçari (Pteroglossus castanotis).

Ofereceu-me a ave, que ele chamava de Tukani, eu eu, não podendo resistir, dei-lhe em troca um bonito facão. Tukani, que significa tucano pequeno, é o nome dado pelos índios a esses parentes menores dos tucanos, que, como eles, aninham-se em ocos de árvores.

Um filhote de araçari é algo de considerável valor, já que nem para um índio é fácil localizar e alcançar seus ninhos na mata virgem e alta”.

Mede 43 cm de comprimento. Pesa entre 220 e 310 gramas. Possui plumagem negra da cabeça à nuca, marrom castanha nas laterais da cabeça.


Há uma base larga no bico, de cor laranja, contornada por uma linha basal amarela mais fina. A região perioftálmica nua é azul.


Tanto a parte inferior da nuca, como a parte superior da garganta são pretas. A cor verde-escura recobre o dorso e contrasta com o vermelho do uropígio e coberteiras superiores da cauda.


Possui o peito amarelo, recortado por uma faixa horizontal e contrastante, vermelha e o calção castanho. O Macho é maior e tem o bico mais longo que o da fêmea.


Emite uma séria de “psit, psit” e “slip, slip”, constantes, a fim de manter a união do grupo. Por isso, essas aves formam bandos muito ruidosos. 





COMENTÁRIOS