CIDADES

BELEZAS

08/09/2017 às 12:28:56 Enviar Imprimir
Florada de ipês-rosas é registrada por fotógrafo no Pantanal de Mato Grosso
Quando pensamos em Pantanal, logo nos vêm à mente imagens de onças, tuiuiús, jacarés, araras-azuis, antas e ariranhas. E não é por acaso. Afinal, este ambiente é extremamente rico em biodiversidade e vida selvagem.

Além de abrigar milhares de espécies da fauna e flora brasileira, o território pantaneiro que abrange áreas do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, chama atenção por tornar-se distinto em dois períodos: seca e chuva.

Os tempos de seca que se iniciam em julho e vão até o fim de setembro ou meados de outubro, é indicado para os apreciadores da natureza que querem observar de perto algumas joias locais como o maior felino das Américas: a onça-pintada.

Mas este ano, além dos felinos, os olhares dos observadores foram atraídos por outros soberanos: os ipês-rosas.

Amaury Antônio Alves dos Santos foi um dos fotógrafos e observadores da natureza que se dedicou a clicar a grandiosa florada dos ipês no Pantanal de Poconé (MT). Para conseguir tal façanha, o dentista se organizou e ainda monitorou as árvores a distância, já que reside em Cuiabá (MT).

“Eu comecei a me programar desde julho. Conversava por celular com peões, amigos e donos de pousadas e fazendas na Transpantaneira.”

Desde 2013 Amaury vai ao Pantanal para registrar a florada das piúvas e garante que fazia tempo em que não observava uma florada tão intensa.


COMENTÁRIOS