MUNDO

GUERRA

30/03/2017 às 06:50:07 Enviar Imprimir
Em seis anos de conflito, número de refugiados sírios supera a barreira de 5 milhões
A agência da ONU para os Refugiados (ACNUR) anunciou nesta quinta-feira (30) que a guerra na Síria já deixou mais de 5 milhões de refugiados. O violento confronto, que completou seis anos no início de março, já deixa um saldo de cerca de 400 mil mortos e mais de 6,3 milhões de deslocados internos.

"Quando o número de mulheres, homens e crianças em fuga de seis anos de guerra na Síria passa da marca de cinco milhões, a comunidade internacional precisa fazer mais para ajudá-los", afirma o ACNUR em um comunicado, segundo a France Presse.

"Para enfrentar esse desafio, não só precisamos de medidas adicionais, mas também precisamos acelerar a implementação das promessas existentes", declarou Filippo Grandi.

Não há sinais de que o conflito irá terminar no curto prazo, mas especialistas ouvidos pelo G1 disseram que a fase mais sangrenta do confronto pode já ter passado. Com intenso apoio da Rússia, o presidente Bashar Al-Assad voltar a dar indícios de que pode se consolidar no poder.

No último um ano e meio, desde que a Rússia começou a bombardear o território sírio em apoio a Assad, o governo sírio pôde retomar territórios importantes e estratégicos, na costa do país. A região engloba Damasco, a capital, Aleppo, que já foi a segunda maior cidade, e Latakia, onde fica o principal porto do país.

No balanço divulgado pela Acnur em 2016, o número de sírios que buscaram refúgio em países vizinhos desde o início do conflito era de mais de 4,8 milhões, sendo que cerca de 900 mil buscaram refúgio na Europa.



COMENTÁRIOS