CIDADES

EDUCAÇÃO

07/12/2017 às 00:01:59 Enviar Imprimir
Criação de escola quilombola em Poconé é discutida na Secretaria de Estado de MT
Na última segunda-feira(04/12), o prefeito Tatá Amaral(PR), acompanhado de autoridades municipais e lideranças afrodescendentes, esteve na capital mato-grossense (Cuiabá), na sede da Secretaria de Educação do Estado (Seduc-MT), discutindo a criação de uma escola quilombola no município Poconé (104 km ao sul de Cuiabá). O local onde deverá ser implantada seria na escola do distrito de Nossa Senhora Aparecida do Chumbo, zona rural da cidade que possui 28 comunidades remanescente de quilombos.

“Uma escola quilombola tem o propósito de manter vivas a cultura e história dos quilombos, cuja maior parte se localiza em regiões rurais, incluindo o conteúdo escolar regular, mas destaca a formação dos quilombos, da relação Brasil-África e da mistura da cultura africana com a brasileira. É uma escola igual a qualquer outra, porém diferente neste aspecto, são espaços pensados para os quilombolas e que em tudo lembram a herança cultural dos quilombos.”

Dentre os participantes da reunião estavam presentes o presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Poconé, Ademir Zulli(PTB), os vereadores Zé Correa(PR) e Juarez Arruda(PV), a coordenadora das comunidades quilombolas de Poconé, Benedita Rosa da Costa, a presidente da Associação dos Quilombolas do Distrito do Chumbo, Mika, a diretora da Creche do Distrito do Chumbo, Net, a diretora eleita da escola do distrito do Chumbo, professora Carmelita, Maria Conceição, professora da Escola do Chumbo e o senhor José Atanásio de Lima, representante quilombola da região. A comitiva foi recepcionada e atendida pelo secretário-adjunto de Políticas Educacionais, Edinaldo Gomes de Sousa, o professor Edinho, pelo secretário-adjunto Executivo, Nelson Correa Viana e pelo coordenador de Microplanejamento, Vitório Sales da Cruz.

Segundo os representantes quilombolas, este é um desejo antigo de toda a comunidade e que lhes oferecerá uma melhor qualidade de vida, principalmente no campo educacional. Com a transformação da escola municipal Nossa Senhora Aparecida do Chumbo em escola Quilombola, o Estado passaria a destinar mais programas e ações voltadas ao ensino dos alunos, bem como a captação de recursos para qualificação do quadro funcional e estrutura física.

O secretário-adjunto de Políticas Educacionais,  professor Edinho, confirmou a outorga dos  trabalhos de estudos de viabilidade, já no próximo ano (2018), para que, em 2019, a escola quilombola possa ser implantada na escola do distrito de Nossa Senhora Aparecida do Chumbo, em Poconé, tornado-se assim, a primeira escola quilombola da baixada cuiabana.


COMENTÁRIOS