ESPORTES

SELEÇÃO

08/04/2017 às 07:18:50 Enviar Imprimir
Casagrande diz que convocaria Diego Souza para a Copa de 2018: Encaixa

Com a lesão de Gabriel Jesus, o atacante Diego Souza, do Sport, ganhou uma chance na seleção brasileira comandada pelo técnico Tite e vem agradando o treinador. Presente nos últimos dois jogos, contra Uruguai e Paraguai, o jogador sé um forte candidato a constar na lista final dos 23 jogadores que disputarão a Copa do Mundo de 2018, segundo o comentarista Walter Casagrande. Em participação no “Seleção SporTV”, Casão disse que levaria Diego caso a convocação fosse agora. 

- Diego Souza, na minha opinião, se encaixa no momento. Se ele estiver assim na última convocação para a Copa do Mundo, eu levaria. São sete jogos, não um campeonato de 38 partidas. São sete jogos para ser campeão do mundo. O Diego Souza, independentemente da idade dele, assim com qualquer jogador, pode ser preparado bem para sete jogos ou estar como alternativa para qualquer momento. Acho o Diego super interessante se ele estiver assim no momento da última convocação. São 23, e ele assim eu convocaria. Até porque a seleção do Tite está precisando de uns dois ou três jogadores com qualidade e que tenham uma certa experiência. Acho que faria bem para o grupo um jogador como esse.

Casão disse que vê a confiança de Diego Souza como seu principal trunfo para merecer uma vaga na seleção brasileira. Segundo o comentarista, os gols recentes, com direito a voleio e bicicleta, com a camisa do Sport, mostram que o atacante está à vontade no gramado. 

- A confiança do Diego, neste momento, está no talo, no alto. Ele tenta qualquer tipo de jogada. Ele é um cara confiante. Fez um gol quando jogava no Palmeiras, de primeira, do meio do campo. Isso é confiança. Mesmo em outros momentos alternando, oscilando, jogou bem em todos os times, mas isso nunca o abalou. Já demonstrou na carreira tipos de jogadas do cara que confia no que sabe fazer – disse. 

Diego Souza entrou no lugar de Roberto Firmino nas vitórias sobre o Paraguai (3 x 0) e Uruguai (4 x 1). O atacante do Sport já havia sido chamado por Tite para o amistoso contra a Colômbia, em janeiro, que contou apenas com jogadores que atuam no Brasil. O próximo compromisso do Brasil nas Eliminatórias da América do Sul é contra o Equador, no dia 31 de agosto, pela 15ª rodada. A equipe de Tite é líder com 33 pontos e já garantiu a classificação antecipada para o Mundial de 2018, na Rússia. 




COMENTÁRIOS