POLÍCIA

PERIGO

11/01/2018 às 23:08:30 Enviar Imprimir
Cachorro arranca pedaço da pele de perna de gari na cidade de Várzea Grande

Uma equipe de garis foi atacada por um cachorro da raça “Boxer” na noite de quarta-feira (11) e teve que ser encaminhada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), em Várzea Grande. Dois deles ficaram feridos e um deles chegou a ter um pedaço da pele arrancada pelo animal.

O caso aconteceu na rua Santa Elvira, no bairro Santa Maria, em Várzea Grande. Por volta das 22h30, os garis entraram na rua. Quando passaram em frente a uma residência, a moradora abriu o portão e o cachorro acabou saindo, atacando um dos garis, que estava do lado direito do caminhão, identificado como “Seu Irenio”.

“Foi tudo muito rápido. O cachorro atacou a perna dele, que caiu no chão. Eu estava na cabine e peguei a primeira coisa que achei, que foi a marreta de bater pneus do caminhão. Desci, fui para cima dele e dei uma marretada, mas ele veio pra cima de mim e mordeu minha mão”, afirmou o motorista do caminhão de lixo.

O condutor afirmou que foi mordido na perna e que o cachorro tentou atacar o rosto dele. Em seguida, ele conseguiu se levantar e segurar o animal. Neste momento, o dono do cão chegou e o dominou.

Os garis relataram que a moradora chamou os bombeiros, que os levaram para a Unidade de Pronto Atendimento, para passarem pelos primeiros socorros. O motorista teve ferimentos nas mãos, no peito e nas pernas.

"Seu Irenio" teve ferimentos mais graves. O cachorro chegou a arrancar um pedaço da pele do gari. Ele foi medicado, com os procedimentos necessários, e passa bem. Segundo informações, o prazo de recuperação dele é de cerca de 30 dias.



COMENTÁRIOS