POLÍCIA ▸ MONSTRO

Vizinho dopa pais para estuprar menina, que fica grávida no interior de Mato Grosso

Uma menina de 12 anos grávida após ter sido estuprada relatou que o vizinho dava remédio para seus pais dormirem para praticar o ato sexual. O caso ocorreu em Apiacás (960 km de Cuiabá).

O abuso foi descoberto após professores da escola onde a menor estuda constatarem um comportamento diferente, sendo o Conselho Tutelar acionado. Após a constatação médica de que a menor estava grávida o suspeito foi preso pela Polícia, na última terça-feira (16).

O caso deixou a família abalada e o pai da menor chegou a gravar vídeo contanto como ocorreu o caso, já que tinha amizade de anos com o suspeito. Em um dos vídeos publicados, o pai revoltado conta que o vizinho pulava a janela do quarto da menor e ficava com ela em sua casa. “Nós temos leis para prender vagabundo. Ele está ai solto. Ode vamos parar com isso”, disse em vídeo.

Na reportagem a TV Vila Real, a menor conta que o suspeito dava remédios para seus pais dormirem para cometer os abusos. “Ele veio aqui em casa com um remédio e pediu para que colocasse no chá. Minha mãe fez o chá de Camomila e meus pais e minhas irmãs tomaram o chá. Eles não perceberam então eles foram dormir e depois eu ouvi um barulho na minha janela”, disse ao Programa Cadeia Neles.

O caso é apurado pela Polícia Civil.

Comentários