POLÍCIA ▸ TARADO

Três enteadas denunciam ser estupradas pelo padrasto em MT

Três meninas de 6, 16 e 18 anos, denunciaram ser estupradas “por muito tempo” pelo padrasto, em Paranatinga (373 km ao Sul de Cuiabá). O homem denunciado não foi divulgado pela polícia e o acusado está foragido da Justiça.

A denúncia foi feita ao Conselho Tutelar do município, que foi até o assentamento onde as meninas moram, na sexta-feira (11).

Elas foram levadas para exames médicos. Um laudo deve comprovar se houve penetração nos abusos.

As vítimas também foram levadas até a delegacia, onde foram ouvidas pelo delegado plantonista.

Conforme a denúncia, os abusos ocorriam sempre que a mãe das vítimas saía de casa.

Tio estuprador

Na semana passada, a polícia prendeu Gelson Marques, de 27 anos, que confessou ter estuprado a sobrinha de seis anos.  A vítima teve os órgãos dilacerados e precisou passar por cirurgia, além de ficar internada. Ela foi abandonada em um matagal pois o estuprador achou que ela estivesse morta.

De acordo com o delegado que preside as investigações, Cláudio Álvares Sant'Ana, o homem confessou o crime e declarou que estava sob efeito de álcool.

“Ele relatou que chamou a menina para colher laranjas e que a estuprou em um terreno baldio – segundo ele, o ato teria durado apenas dois minutos - e que enforcou a garota para que não fugisse”.

Comentários