CIDADES ▸ AVIÃO

Sinto que estão vivos, diz família de piloto desparecido após queda de avião em MT

As famílias do piloto John Venera e do copiloto Marcelo Balestrin estão em Cuiabá para acompanhar os trabalhos das equipes de buscas que tentam localizar a aeronave de pequeno porte que despareceu na região da Serra do Mangaval (a 150 km a Oeste de Cuiabá), na última sexta-feira (30).

A aeronave partiu de Pimenta Bueno (RO) com destino a Santo Antônio de Leverger (MT), mas desapareceu quando sobrevoava a região.

A cunhada do copiloto, Vera Souza disse que as famílias, que são de Rondônia, não têm dúvidas de que ambos estão vivos de que irão voltar pra casa com os dois.

“Nós não temos dúvidas, vão ser encontrados com vida. É isso que nos mantém de pé e nos dá força. A gente não pensa em outra coisa, só sai daqui com eles”, disse.

Ela ainda fez apelo para quem tiver informações sobre a queda da aeronave entrar em contato com a família para facilitar a localização.

“A família faz apelo para população da região entre Cáceres e Cuiabá, que viu alguma coisa suspeita no dia 30 de novembro, entre 8h às 9h, que faça contato com a família”, pediu.

Recompensa

Os familiares do copiloto ainda oferecem recompensa para quem tiver informação sobre o paradeiro dele. Segundo o policial federal Edson Ribeiro, que é parente de Marcelo, a ideia é oferecer recompensa para mobilizar a população local a ajudar nas buscas terrestres.

“Está chovendo muito naquela região e os nossos entes queridos podem estar machucados e necessitando de resgate urgente”, disse ao .

Os telefones para quem tiver informação: (69) 98405-4392/1419 ou pelo WhatsApp (69) 99264-9373.

Buscas

As equipes do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e da Força Aérea Brasileira (FAB) está há quatro dias em buscas dos pilotos que estavam em uma aeronave - modelo PT-ICM - que desapareceram na Serra do Mangaval.

No final de semana, as buscas foram canceladas devido à chuva e a queda de temperatura que resultou em grandes neblinas na região, o que impediu a visualização das equipes de resgates.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), o grupo retornou ao local na manhã de segunda-feira (3) devido ao clima favorável ao trabalho, mas a aeronave não foi localizada, as buscas retornaram nesta terça-feira (4).

Comentários