CIDADES ▸ SOCIAL

Sindspen vai a Poconé conhecer trabalho social desenvolvido pela Cadeia

Em parceria com entidades municipais, o diretor, Silvio Roberto Alves, juntamente com os servidores da Cadeia Pública de Poconé, desenvolvem trabalhos sociais, utilizando a  mão de obra dos próprios reeducando da unidade,  que em troca recebem a remissão de pena, por dia trabalhado.

E foi para conhecer esse belo trabalho, que os  diretores do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), Jorge Moraes e Maria Elena, se deslocaram para a Poconé, cidade localizada a 104km da capital Cuiabá.

Acompanhados pelo diretor, os representantes do Sindspen, conheceram dona Janete, uma das pessoas beneficiadas pela parceria, onde a mesma contou aos diretores, que com o apoio do projeto, conseguiu a sua casa própria e de alvenaria, antes vivia com sua familia em uma casa bem humilde de madeira. "Hoje realizei meu sonho e agradeço a Deus e a todos que me ajudaram" , disse. 

Silvio frisa que a parceria tem gerado bons frutos, a justiça local permite a liberação monitorada de reeducandos para prestação de serviços à comunidade e os internos realizam os mutirões, sob custódia dos agentes penitenciários.  “Por meio dessas parcerias temos mantido a calmaria na unidade. Os que participam dos mutirões servem de exemplo para os demais, pois todos querem sair, mas para isso é preciso ter disciplina”.

Além da dona Janete,  a  creche do município  em breve irá receber a visita dos reeducandos para uma mutirão de reforma, o Fórum de Poconé,  recebeu a construção de uma cozinha e a unidade da Policia Militar, onde um reeducando contribui diariamente para a manutenção e zelo da unidade. 

Parcerias

Todas as benfeitorias são frutos de parcerias, entre Prefeitura, Fórum, Secretaria e Conselho da Comunidade, têm dado bons resultados à unidade prisional e comunidade local de Poconé.  A presidente do Sindspen, Jacira Maria da Costa Silva, pontua que o trabalho que vem sendo desenvolvido pelos servidores do sistema penitenciários em várias  unidades penais é digno de parabéns, assim como outras cadeias, a unidade de Poconé está realizando um belo trabalho social e de inclusão social do reeducando na sociedade. 

Comentários