ECONOMIA ▸ GOVERNO MT

Setor comercial de Mato Grosso discute proposta de redução dos incentivos

Representantes do comércio, da indústria e da agricultura, se reuniram, na terça-feira (22), para discutir a proposta de redução nos incentivos fiscais encaminhada pelo governador à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O setor não concorda com a redução de benefício em 15%.

Os empresários avaliam que a redução do incentivo pode ter reflexos negativos, pois os custos serão repassados ao consumidor, que também diminui o volume de compras. Isso, segundo eles, ocasiona queda nas vendas e, consequentemente, menos recolhimento de tributos.

A alternativa apontada pelos empresários é elaborar um plano de desenvolvimento econômico, onde seja possível fazer um raio-X em todos os setores da economia, que seja possível identificar onde estão gargalos e assim, criar um ambiente favorável de negócios para ampliar a arrecadação.

Participaram da reunião, representantes das federações do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT), das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso (Facmat/MT), das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Mato Grosso (FCDL/MT), das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt/MT) e da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato/MT).

Comentários