POLÍTICA ▸ REFORMA

Sete deputados de MT votam favoráveis a Reforma da Previdência; só petista é contra

A bancada de Mato Grosso foi “quase unânime” na aprovação da Reforma da Previdência proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Dos oito parlamentares do Estado, sete defenderam a proposta, aprovada em 1º turno nesta quarta-feira (10).

O único voto contrário na bancada do Estado já era conhecido. A deputada Rosa Neide Sandes (PT) seguiu o entendimento do PT de votar contra a proposta.

Já os deputados José Medeiros (Pode) e Nelson Barbudo (PSL) sempre defenderam o projeto. Os demais seguiram a orientação partidária, firmada após muita negociação entre a cúpula do Governo e líderes partidários.

Ao todo, o projeto da Reforma da Previdência recebeu 379 votos favoráveis e 131 contrários. Para concluir a votação, os parlamentares ainda precisam analisar emendas e destaques apresentados pelos partidos para tentar alterar pontos específicos do texto-base.

PROPOSTA

Considerada uma das principais apostas da equipe econômica para sanar as contas públicas, a proposta de reforma da Previdência estabelece, entre outros pontos, a imposição de uma idade mínima para os trabalhadores se aposentarem: 65 anos para homens; 62 anos para mulheres

O tempo mínimo de contribuição previdenciária, pela proposta, passará a ser de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens.

Além disso, o texto propõe regras de transição para quem já está no mercado de trabalho. Algumas categorias, como professores e policiais, terão regras mais brandas.

Comentários