POLÍCIA ▸ PERIGO

Sargento da Policia Militar perde testículo após disparo acidental de pistola .40

Um sargento do 4° Batalhão de Polícia Militar (4° BPM), passou três dias internado no Pronto-Socorro de Várzea Grande após perder um dos testículos, após disparo acidental de sua pistola Taurus Modelo 740, enquanto ele pilotava uma moto.

O acidente aconteceu na última quinta-feira (18), o militar teve alta no domingo (22) e nesta quarta-feira (24), disse ao  que ainda segue em recuperação, em casa. Ele pediu para não ser identificado.

O militar, que tem 50 anos e informou que pretende entrar com uma ação conta a empresa Taurus, fabricante da arma.

“Pretendo fazer um exame de corpo de delito e entrar com uma ação contra a empresa após perícia na arma. Isso porque descobri vários relatos de acidentes parecidos em todo Brasil”, disse o sargento.

O disparo aconteceu quando o militar retornava para a casa de moto. O tiro arrancou um dos testículos e o sargento desmaiou, devido à grande quantidade de sangue que perdeu. Ele precisou passar por cirurgia.

A Polícia Militar informou que está colhendo informações para se pronunciar sobre o fato.

Tiro acidental

Em março de 2017, o soldado da Polícia Militar, F.S.V.,  foi  internado no Hospital Regional de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), após ter o testículo atingido por um disparo acidental de sua pistola Taurus 640, no momento em que ele pilotava uma motocicleta.

O soldado não mexeu na arma. A pistola estava no seu coldre (bainha que serve de suporte para carregar armas de fogo curtas) é do mesmo modelo, que segundo o Ministério Público Estadual, vem apresentando falhas.

Comentários