CIDADES ▸ ACIDENTE

Ribeirinho é encontrado gritando socorro na região do Porto Cercado

Um pescador de 73 anos por pouco não morreu afogado após duas lanchas “atropelarem” a canoa em que estava durante uma pesca nas águas do Rio Cuiabá na tarde de domingo (1º), na região próxima ao Porto do Cerrado. As lanchas eram de propriedade do Hotel Sesc Pantanal. 

Dois vídeos divulgados em rede social mostram integrantes de outra embarcação tentando fazer o resgate do idoso, que apoiou na canoa para não se afogar. Em outro vídeo é possível ver que populares tenta “salvar” a canoa do ribeirinho, que vive da pesca. 

Uma das pessoas que tenta resgatar, narra o ocorrido e relata que o idoso estava na canoa e que duas lanchas o teriam atingido. No entanto ele só teria sido resgatado após ser avistado pela embarcação.

“Achamos ele pedindo socorro no meio do Rio. Pessoal! Vamos colocar no grupo do Xódo, no grupo dos pescadores. Um amigo nosso está indo lá salvar ele”, diz um dos populares que ajudou no resgate do pescador.

OUTRO LADO

Por meio de nota, o Sesc Pantanal informou que suas embarcações não estavam em alta velocidade, mas como eram duas, "formaram uma onda que virou a canoa". O hotel ainda disse que procurou o pescador para prestar apoio.

"A equipe já foi a casa do Pescador, que está bem e não sofreu qualquer problema de saúde, apenas perdeu alguns itens de pesca que a instituição irá repor", diz a nota.

Íntegra da nota:

O Sesc Pantanal informa, referente ao vídeo que está circulando nas redes sociais sobre um incidente com um pescador e barcos do Hotel Sesc Porto Cercado, que as embarcações não estavam em alta velocidade, mas que como eram duas formaram uma onda que virou a canoa. Os funcionários afirmam não terem visto e, assim seguiram em frente normalmente. A equipe já foi a casa do Pescador, que está bem e não sofreu qualquer problema de saúde, apenas perdeu alguns itens de pesca que a instituição irá repor

Comentários