ESPORTES ▸ CHORO

Presidente de tribunal rebate Palmeiras após várias reclamações sobre VAR

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, Antônio Olim, rebateu nesta segunda-feira as reclamações do Palmeiras sobre o uso de árbitro de vídeo no empate por 1 a 1 com o Novorizontino, sábado passado. Em entrevista ao canal Fox Sports, o Delegado Olim, como é conhecido, também disse ser torcedor do Verdão.

– A Federação investiu nesse VAR, custou uma fortuna isso, primeiro mundo, a Federação faz o melhor pelo futebol, mas sempre tem um contra. O que eles queriam? O juiz estava certo, mas cada um tem sua opinião. (...) Eu sou palmeirense, mas é difícil lidar com o Palmeiras. Eu sou palmeirense, mas se jogar Palmeiras, Juventus ou Portuguesa para mim é tudo igual – afirmou Olim.

– Chamar de Paulistinha, quer esculachar? Desculpa, isso é uma vergonha para o Palmeiras, vamos ganhar na bola, no jogo, vamos parar de chorar – completou.

Na mesma entrevista, Olim criticou o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte. De acordo com o presidente do TJD, é Galiotte o principal responsável pela ruptura entre clube e Federação Paulista de Futebol:

– Vamos juntar, vamos nos unir. O Palmeiras é um grande clube, mas esse cara (Maurício Galiotte) pensa num mundinho pequeno, tem de pensar no Palmeiras, e não pensar num timinho.

Comentários