POLÍTICA ▸ NOTA DE ESCLARECIMENTO

Prefeitura Municipal emite nota sobre o transporte escolar em Poconé

Poconé não é um município diferente dos demais de Mato Grosso que enfrenta problemas no atendimento ao Transporte Escolar.

Devido ao descaso do Governo Estadual com o Transporte Escolar todos os municípios enfrentam os mesmos problemas e tentam sobreviver com seus poucos repasses e baixa arrecadação.

O município de Poconé paga para trabalhar para o estado, arcando com a maior parte das despesas das mais de 50 rotas do Transporte Escolar mesmo a maioria dos alunos sendo da Rede Estadual de Ensino e não da Rede Municipal.

O governo do estado repassa ao município o valor de 168.513,04 mês, hoje parcelado em 2x de 84.256,52. Porém a despesa mensal desse transporte é de 400 a 500 mil.

Até o fechamento do expediente da prefeitura do dia de hoje (18/10/18) o setor financeiro da prefeitura nos informou que o estado não havia depositado na conta da prefeitura a 6°parcela/2018 que deve ser no valor de 84.256,52. Portanto, o estado mente que ao afirmar que o repasse está em dia, sempre esteve e está em atraso com o município Poconé.

A secretaria Municipal de Educação sempre buscou resolver os problemas do Transporte Escolar tendo inclusive realizado inúmeras reuniões entre as empresas e prefeitura, até porque a administração pública de Poconé, vem tentando, dentro das suas condições financeiras, cumprir com esse compromisso até a conclusão do ano letivo 2018.

Após a divulgação acima, no dia de hoje, 19 (dezenove) de outubro, o financeiro da Prefeitura Municipal de Poconé nos informou que o estado realizou, hoje, o repasse da metade da 6ª (sexta) parcela, porém independente do atraso  referente ao mês de agosto a gestão já pagou cerca de 60% do valor do transporte referente a setembro.

Concluímos que o Transporte Escolar em Poconé atende aproximadamente 500 (quinhentos) alunos da Rede Municipal e aproximadamente 1.200 (mil e duzentos) da Rede Estadual.

Att,

Prefeitura Municipal de Poconé, Secretaria Municipal de Educação.

Comentários