POLÍTICA ▸ SAÚDE

Prefeito recorre à ALMT para viabilizar recursos para hospital e APAE

Liderada pelo prefeito de Poconé, Tatá Amaral, uma comitiva do município recorreu ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, para pedir o intermédio junto ao governo do estado para liberação de repasses à Associação Beneficência Poconeana, Hospital Geral de Poconé, que não recebe o benefício há dois anos. Também pediu apoio à firmação de convênio com a Secretaria Estadual de Educação para manter em funcionamento a APAE do município.“Pedimos o apoio do presidente Botelho para que ele possa intervir junto com o governo do estado para ajudar o hospital do nosso município, que desde março de 2017 deixou de receber o aporte estadual. Queremos que o inclua no Fundo da Saúde, para que possamos ter mais tranquilidade no atendimento à população”, afirmou o prefeito.

O presidente Botelho disse que vai se empenhar para resolver essas questões urgentes para que o hospital tenha condições de manter os atendimentos. Também discutiram sobre a importância de reativar as emendas que ainda não foram pagas, mas que o município já havia feito planejamento com esses recursos. “Vamos trabalhar nessas questões para ajudar o município”, declarou Botelho.

A presidente da APAE, Almelina Cássia de Carvalho disse que reivindicaram a ajuda porque até o momento o governo não se posicionou sobre a efetivação de convênios. “Todas as Apaes estão sofrendo com isso porque não temos nenhuma sinalização de que será consolidado neste ano. Também pedimos emenda para adquirirmos produtos necessários como cadeiras de rodas. Os recursos são poucos, a prefeitura nos ajuda como pode, mas necessitamos ajuda do deputado para que possamos continuar o trabalho”.

O presidente da Associação Beneficência Poconeana – Hospital Geral de Poconé, Danton Caporossi reafirmou que é necessária a união de forças para reivindicar os benefícios que o hospital deixou de receber. “Lutamos para inserir o hospital no contexto da filantropia de Mato Grosso e pelos repasses que não recebemos. São duas reivindicações para fortalecer e atender melhor a nossa população”.

Antônio Diógenes de Carvalho, popular Caçamba, vice-prefeito de Poconé lembrou que desde a gestão do ex-governador Pedro Taques a unidade hospitalar não recebe a ajuda. “O hospital não está pedindo que sejam pagos os atrasados, mas precisa voltar a receber de agora em diante. Também falamos sobre a falta de recursos para a Educação, os recursos que recebemos é vergonhoso e irrisório. Então, o deputado ficou de fazer esse trabalho junto com o governo para ver se suaviza os problemas do hospital e da APAe de Poconé”, destacou Caçamba.

Da mesma forma, o vereador Antônio Edson (Edinho Ball) - presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Poconé, lamentou a situação. “Sem esse repasse é impossível que o hospital dê continuidade aos atendimentos. Assim como a APAE que vivencia uma situação complicada e depende de convênios com o governo para dar andamento ao trabalho que vem sendo desenvolvido”. Também compôs a comitiva o vereador Juarez Dionísio de Arruda (PV).

Todos os Direitos reservados a Poconet Notícias.

Comentários