POLÍCIA ▸ ASSÉDIO SEXUAL

Polícia prende pastor suspeito de assédio a criança de 12 anos em Poconé

A Polícia Civil de Poconé prendeu um pastor evangélico suspeito de assédio sexual de uma criança de 12 anos. O homem de 25 anos foi preso em flagrante após denúncia da mãe da criança. De acordo com a polícia, o suspeito assediava a jovem por mensagens no WhatsApp.

As informações foram passadas pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (8). O pastor Juniel Ferreira de Aguiar conheceu a garota em um culto e começou a assediá-la por mensagens de celular. A mãe da jovem denunciou o suspeito e entregou o celular para a investigação.

Em diligências, os Policiais civis deslocaram até a residência do acusado no Bairro Bom Pastor e realizou a prisão, bem como a apreensão do aparelho de celular. No aparelho de celular do acusado, os investigadores encontraram várias fotos da criança seminua e de suas partes intimas, além de mensagens amorosas do suspeito para a vitima.

O pastor está preso na Delegacia de Polícia em Poconé e deverá ser encaminhado para Audiência de Custódia, onde ficará à disposição da Justiça.

Comentários