POLÍTICA ▸ ELE SABIA

Pedro Taques defendeu ex-secretário que confessou crime na Seduc

O ex-governador Pedro Taques (PSDB) revelou em conversa no whatssap com o ex-secretário de Educação, Permínio Pinto, preocupação com a Operação Remora e ofereceu ajuda ao gestor, oferecendo advogados para sua defesa. Essa declaração se encontra na delação premiada do ex-secretário firmada junto a Procuradoria-Geral da República.

Permínio também conta que assim que o Gaeco deflagrou a Operação, Taques pediu reunião com urgência para convencer Permínio a ficar no cargo. A conversa é que a ideia era deixa-lo na função porque teria Taques para blinda-lo. No entanto, o ex-secretário entregou o cargo e logo foi preso.

A Operação Rêmora foi deflagrada em 2016 pelo Gaeco com o objetivo de desbaratar um esquema de corrupção implantado nas entranhas da Seduc. Segundo as investigações, os desvios se davam por meio de contratos de obras em escolas superfaturados.

Comentários