ESPORTES ▸ COPA DO MUNDO

Neymar deixa o treino da seleção brasileira mancando e preocupa comissão

O atacante Neymar deixou o treinamento da seleção brasileira nesta terça-feira, em Sochi, ainda durante o aquecimento. Após ficar de fora da atividade da segunda-feira, o jogador do Paris Saint-Germain abandonou o treino desta terça-feira depois de alguns minutos, aparentando incômodo e frustração por causa de dores no tornozelo direito, problema que já o havia levado a ser poupado do treinamento anterior.

Neymar passou por cirurgia no quinto metatarso do pé direito em março, em Belo Horizonte, após se lesionar quando estava em ação pelo PSG. O atacante retornou aos gramados nos amistosos preparatórios da seleção para a Copa do Mundo, no início de junho, e atuou pela primeira vez por 90 minutos na estreia do Brasil na competição, no último domingo, no empate por 1 a 1 com a Suíça, em Rostov. Naquela oportunidade, sofreu dez faltas e mancou em alguns momentos, ainda que não tenha recebido atendimento médico dentro de campo e nem sido substituído.

Na última segunda-feira, Neymar foi um dos três jogadores poupados do treinamento da seleção em Sochi - os outros foram o zagueiro Thiago Silva e o volante Paulinho -, mas a CBF assegurou que a situação deles não preocupava para o duelo com a Costa Rica, sexta-feira, em São Petersburgo, pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo. E todos eles, inclusive, foram a campo, deixando, ao menos inicialmente.

Segundo a CBF, Neymar reclamou de dores no tornozelo direito, consequência das pancadas no jogo com a Suíça. Nada tem a ver com a cirurgia no quinto metatarso. Ele faz fisioterapia hoje e promessa é de que treine normalmente amanhã.

Comentários