CIDADES ▸ TEMPORÁRIO

Município de Poconé continua com brigada federal de combate ao fogo

Mato Grosso é um dos estados sob emergência ambiental onde o Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) está autorizado a contratar, por tempo determinado, brigadas federais para as ações de prevenção e combate a incêndios federais. A medida vale ainda para o Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima e Tocantins. 

A Portaria 2.094, de 6 de junho de 2019, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), autorizando a contratação, foi publicada, ontem (10), no Diário Oficial da União (DOU). De acordo com o documento, as áreas de atuação das brigadas serão selecionadas pelo Prevfogo. A seleção “envolvem critérios técnicos como as detecções de focos de calor registrados pelo Inpe, no período de 2013 a 2018, a presença de unidades de conservação federais, de terras indígenas e de projetos de assentamento rurais e a cobertura de remanescentes florestais”. 

A portaria traz também a relação dos municípios, onde as brigadas passarão atuar temporariamente, conforme a autorização do Prevfogo. No Estado, o Prevfogo está autorizado a contratar brigadas federais temporárias, com estruturas diferenciadas entre um e outro, nos municípios de Conquista D 0este, Tangará da Serra, Feliz Natal (2 brigadas), Cotriguaçu, Cáceres, Poconé, Campo Novo dos Parecis, Paranatinga, Canarana e Serra Nova Dourada. 

Comentários