CIDADES ▸ CULTURA

Mostra fotográfica traz a religiosidade do povo pantaneiro para MT

Resultado de um trabalho desenvolvido pelo fotógrafo paulista radicado em Chapada dos Guimarães há quase 40 anos, Mario Friedlander, a Exposição Fotográfica “Santos Pantaneiros” será aberta à população de Campo Verde nesta sexta-feira (5), as 16h00. A entrada é gratuita e a mostra ficará exposta até o dia 5 de novembro no mirante da Praça João Paulo II, com horário de visitação das 16h00 às 22h00.

A Exposição traz um registro artístico das manifestações religiosas do povo pantaneiro, especialmente dos moradores de Poconé. Com seu olhar sensível Friedlander, que é um dos mais renomados fotógrafos de natureza e documentarista de Mato Grosso, mostra, através de belas imagens, as festas de santos tradicionais, traduzindo, através do seu trabalho, a cultura e a religiosidade popular dos moradores da planície pantaneira.

Visitar a exposição, que tem apoio institucional do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, através do edital Circula MT, é viajar pelo universo religioso de um povo que tem na fé sua maior esperança de vida e que busca na religiosidade, alimentada há séculos, a paz e a harmonia para viver – e sobreviver.

Formada por 100 fotos, bandeiras e um altar, a mostra traduz a devoção e a crença tradicional que, mesmo nos dias atuais, ainda podem ser encontradas em toda a região pantaneira. Revela também a influência da escravidão na fé de um povo sofrido e castigado por mais de três séculos de servidão e que só tinha como esperança, a fuga arriscada ou a busca pelo conforto espiritual nas manifestações religiosas, fossem elas dos “senhores” ou das irmandades.

“Esse é o cenário em que tento transitar, branco europeu que sou, estrangeiro assumido, que por algum motivo oculto me encanto com os fragmentos que ainda encontro e às vezes recolho pelos interiores de Mato Grosso”, diz Mario Friedlander. “A Exposição “Santos Pantaneiros” é a oportunidade de compartilhar com outros o pouco do que vi e ouvi e também de prestar minha pública homenagem aos festeiros e devotos que muito se esforçam em manter vivas certas tradições”, completa.

Além da Exposição Fotográfica, que tem curadoria de Bené Fonteles, um catálogo com 36 fotos e um bem elaborado texto explicativo foi impresso para ser distribuído entre os visitantes da mostra. Entre as manifestações religiosas retratadas na exposição e no catálogo estão as festas de São Benedito, de Livramento e Poconé; as de São João e São Gonçalo e a cavalhada também de Poconé, entre outras.

“Santos Pantaneiros” já passou por Cuiabá, onde foi montada no Museu da Imagem e do Som e, depois de Campo Verde, segue para Primavera do Leste. Em Campo Verde, a realização da Exposição tem o apoio da Prefeitura do Município, através das Secretarias de Indústria, Comércio e Turismo, e de Educação e Cultura.

Comentários