NACIONAL ▸ RESGATE

Mais corpos são encontrados no 5º dia de buscas em Brumadinho

Mais corpos foram encontrados neste 5º dia de buscas após a tragédia provocada pelo rompimento de uma barragem da mineradora Vale em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. O número de vítimas retiradas da lama, no entanto, será divulgado apenas desta terça-feira (29), de acordo com o coronel Evandro Borges, coordenador da Defesa Civil de Minas Gerais.

Até o momento, há 65 mortes confirmadas – 31 vítimas foram identificadas. Autoridades dizem que a quantidade de mortos deve aumentar. Há também 288 pessoas desaparecidas.

Números da tragédia
65 mortos confirmados – 31 identificados (veja a lista)
288 desaparecidos (veja a lista)
192 resgatados (veja a lista)
390 localizados
ACOMPANHE ATUALIZAÇÕES NA COBERTURA AO VIVO

Os corpos retirados nesta terça são, provavelmente, de pessoas que estavam no refeitório da Vale, segundo o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Em entrevista no início da tarde, ele afirmou que os corpos foram encontrados a uma distância que fica entre 800 metros e 1 km de ponto onde se localizava o refeitório. Lá, estaria a maior parte das vítimas do rompimento da barragem.

A barragem de rejeitos, que ficava na mina do Córrego do Feijão, se rompeu na sexta-feira (25). O mar de lama varreu a comunidade local e parte do centro administrativo e do refeitório da Vale. Entre as vítimas, estão moradores e funcionários da Vale. A vegetação e rios foram atingidos.

Das 31 vítimas já identificadas, 18 eram funcionários da Vale e 13, terceirizados ou moradores da comunidade. Entre os desaparecidos, 114 são funcionários da mineradora e 174 são terceirizados ou moradores da região atingida pela lama.

Nesta segunda-feira (28), nenhuma vítima foi encontra com vida, segundo o Corpo de Bombeiros.

Comentários