POLÍCIA ▸ MALUCA

Mãe transporta arma "grudada" ao corpo de bebê em estrada de Mato Grosso

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu nesta sexta-feira (2) um revólver que era transportado praticamente “grudado” ao corpo de um bebê de 9 meses. A prisão ocorreu nas imediações de Rondonópolis. 

Segundo a PRF, por volta das 23h00, foi abordado um veículo Celta, que era conduzido por M. C. S., 36 anos, e tinha como passageiro seu filho de 9 meses, e uma menor de 15 anos. Durante entrevista realizada, a motorista apresentou grande nervosismo, o que levou a equipe a realizar uma fiscalização mais aprofundada no veículo e nos ocupantes. 

Durante revista realizada no cobertor que estava em volta da criança, foi localizado, dentro de uma sacola, junto ao corpo da criança, um revolver na cor cromada, calibre .357 magnun, de uso restrito.

 Em conversa com a motorista, foi informado que ela havia pego o revolver na cidade de Várzea Grande e que levaria para Rondonópolis, conforme orientação de seu namorado que está preso na Penitenciária Central do Estado. Ela, porém, não soube precisar para quem seria realizada a entrega da arma de fogo. 

Após consulta ao sistema, constatou-se que a menor de 15 anos que estava no veículo apresentou uma identidade falsa do Estado de São Paulo, com data de nascimento diversa do documento original. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão para a motorista, pelos crimes de porte de arma de fogo de uso restrito e corrupção de menores.

A menor foi apreendida pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e uso de documento falso. A menor informou que pagou a quantia de R$ 90 pelo documento na cidade de Várzea Grande, e que só usava este documento para poder ir em festas. 

A criança foi entregue ao Conselho Tutelar de Rondonópolis.

Comentários