BOCA NO TROMBONE ▸ FILMADO

Justiça bloqueia R$ 1,2 milhão de ex-deputado

O juiz Luís Aparecido Bortolussi, da Vara Especializada em Ação Civil Publica e Ação Popular de Cuiabá, determinou o bloqueio de bens do ex-deputado estadual Alexandre César (PT) em até R$ 1,2 milhão. As informações foram divulgadas pelo site Ponto na Curva. 

O deputado foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) na ação que apura um suposto pagamento de “Mensalinho” na Assembleia Legislativa (AL-MT). Cada deputado teria recebido R$ 600 mil – divididos em 12 parcelas de R$ 50 mil. 

César foi um dos deputados que apareceram em rede nacional pegando a suposta propina do chefe de gabinete do ex-governador Silval Barbosa (2010-2014), Silvio Correa. O dinheiro seria em troca de apoio político na Assembleia, em votações de interesse do Executivo. O vídeo foi instalado a mando do próprio Silval e serviu como prova em sua delação premiada à Procuradoria Geral da República. 

Também tiveram os bens bloqueados pela Justiça os deputados estaduais Baiano Filho (PSDB) e Zé Domingos Fraga (PSD), o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), o ex-deputado estadual Antônio Azambuja (PP), o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) e a prefeita cassada de Juara Luciane Bezerra (PSB) – todos acusados de participação no esquema de mensalinho.

Comentários