ESPORTES ▸ ARTICULAÇÕES

Governador do Rio de Janeiro quer levar final da Libertadores de 2020 para o Maracanã

Presente no sorteio da Copa América nesta quinta-feira, o Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou que pretende levar a final da Libertadores de 2020 para o Maracanã. Será a segunda edição em que a decisão terá jogo único, e Witzel pretende usar as comemorações pelos 70 anos do estádio para fazer campanha pelo evento.

- Durante o evento de sorteio da Copa América, levei documento para sediar a final da Taça Libertadores 2020, quando o Maracanã vai comemorar 70 anos - disse o Witzel, através do Twitter.

Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, confirmou que o governador do Rio de Janeiro pediu para sediar a final da Copa Libertadores de 2020. No entanto, a decisão não sairá esse ano. A data ainda não está decidida, tampouco os outros candidatos. O Rio foi o primeiro a apresentar a candidatura.

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) decidiu implementar a decisão da Copa Libertadores em jogo único a partir deste ano. O palco será o Estádio Nacional, na cidade de Santiago, capital do Chile, no dia 23 de novembro. Até 2018 a final era disputada em jogos de ida e volta, com mando de ambos os finalistas.

Sorteio
O sorteio definiu o grupo do Brasil na Copa América, e a equipe de Tite enfrentará Peru, Venezuela e Bolívia em busca de uma vaga nas quartas de final. A estreia será diante dos bolivianos, no dia 14 de junho, no Morumbi, em São Paulo, às 21h30 (de Brasília). No dia 18, às 21h30, em Salvador, será a vez dos venezuelanos, enquanto o Brasil fechará a chave contra o Peru, no dia 22, às 16h, na Arena Corinthians.

Comentários