POLÍCIA ▸ ASSÉDIO

Funcionário de escola em Mato Grosso é acusado de assediar aluna de 16 anos

Um servidor efetivo da Escola Estadual Ângelo Nadin, em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, é suspeito de assediar uma adolescente de 16 anos, aluna da escola. O homem, que não teve a identidade divulgada, responde a um procedimento administrativo.

De acordo com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), a Assessoria Pedagógica do município recebeu a denúncia e, junto com o Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar está apurando o ocorrido.

Ainda de acordo com a Seduc, pais, professores e alunos já foram convocados para prestarem depoimento e contribuirem com as investigações.

O servidor investigado está de férias e deve ser notificado sobre a instauração do procedimento administrativo e chamado para prestar esclarecimentos, quando retornar as atividades.

A Seduc informou ainda que, caso as suspeitas sejam confirmadas, o servidor poderá ser afastado ou demitido, ficando proibido de exercer cargo público por cinco anos.

O G1 tentou, mas não conseguiu contato com a direção da escola, nem com familiares da estudante.

Procurada pela reportagem, a Polícia Civil não soube informar se um inquérito criminal foi aberto para apurar o fato.

Comentários