CIDADES ▸ CURSO

Engenheiros são capacitados quanto à fiscalização do uso de sementes em MT

O curso “Atualização em Fiscalização de Sementes e Mudas no Estado de Mato Grosso - 2018” reúne 95 profissionais do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso, entre engenheiros agrônomos e florestais, de 6 a 8 de novembro, no Auditório da Superintendência Federal de Agricultura (SFA/MT), em Várzea Grande.

O objetivo do treinamento é atualizar os profissionais quanto ao processo tecnológico no uso de sementes, já que desde julho de 2016, após a adesão ao Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária Aplicado a Cadeia dos Produtos Vegetais – Suasa Vegetal, o Indea passou a ter a atribuição de fiscalização do uso de sementes e mudas nas propriedades rurais do estado.

Atualmente, Mato Grosso é o único estado que tem essa atribuição. De acordo com a presidente do Indea, Daniella Bueno, esse treinamento vem para nivelar as informações entre os profissionais que atuam na defesa vegetal no estado. “Somos pioneiros nessa atribuição, e a adesão ao Suasa Vegetal teve o objetivo de descentralizar a atividade e ampliar a capacidade de atuação no estado. Para isso, precisamos que a nossa equipe esteja alinhada quanto às normas técnicas e aspectos legais”.

Para o diretor técnico do Indea, Thiago Augusto Tunes, a qualidade da semente está diretamente ligada ao fator produtivo. “Mato Grosso com todo o seu potencial agropecuário, recordista na produção de soja, milho e algodão, e ainda com grande área de pastagem, percebemos que esses grandes resultados estão ligados diretamente à qualidade das sementes. Se trabalharmos melhorando a nossa qualidade de propagativos, sementes e mudas, conseguiremos aumentar a produção do estado”.

O treinamento irá abordar os aspectos legais da fiscalização de sementes, proteção de cultivares, produção de sementes de qualidade, refúgio, uso de sementes, amostras para análise laboratorial, e apresentação do Sistema de Cadastro de Sementes e de Agrotóxicos.

A coordenadora de Sementes e Mudas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Virgínia Arantes Ferreira Carpi, falou sobre a “Atuação do MAPA no Sistema de Certificação e Fiscalização de Sementes”. Segundo Virgínia, a proposta é passar um pouco sobre a legislação de sementes e mudas, e como se dá o processo de produção, certificação e fiscalização de sementes.

“A fiscalização é sempre uma tarefa complexa, mas a legislação deixou as atribuições bem estabelecidas em âmbito Federal, Estadual e no Distrito Federal. A semente é um insumo básico da produção agropecuária nacional, é essencial que se tenha consciência na utilização de sementes regulares, de sementes legais, que tem a garantia dos atributos de identidade e qualidade”.

A solenidade de abertura contou com a presença do superintende Federal de Agricultura (SFA/MT), José de Assis Guaresqui, do presidente do Fundo Mato-grossense de Apoio à Cultura da Semente (Fase-MT), Gutemberg Carvalho Silveira, e do gerente de Defesa Agrícola da Aprosoja, Daniel Carlos Pasculli.

Comentários