POLÍTICA ▸ TROCA

Emanuel decide substituir 3 secretários; Nezinho vai deixar equipe

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), que já havia anunciado mudanças no secretariado, decidiu substituir três secretários. A lista inclui Francisco Vuolo (Cultura), Luiz Roberto da Rocha, o Nezinho (Governo) e Nestor Fidelis (Procuradoria). As mudanças devem ser anunciadas ainda neste mês.

 apurou que Emanuel decidiu exonerar Vuolo, que é filiado ao PP e assumiu a pasta da Cultura em abril do ano passado, por conta dos seus problemas de relacionamento com o titular da secretaria extraordinária dos 300 Anos de Cuiabá (SEC 300), Júnior Leite. A situação teria ficado insustentável durante o carnaval, o que levou o prefeito a tomar a decisão de substituí-lo.

Emanuel chegou a propor que Júnior Leite acumulasse as pastas dos 300 Anos e da Cultura, mas houve recusa. Diante da situação, deve nomear o adjunto de Turismo Marcus Fabrício (PTB) como interino até que o substituto definitivo para Vuolo seja escolhido.

Já Nezinho, que na avaliação do grupo político de Emanuel não apresenta resultados satisfatórios à frente da secretaria municipal de Governo, deverá ser substituído por Lincon Costa. Amigo de Infância de Emanuel, Lincon é assessor na pasta que vai comandar desde março de 2017.

Nezinho é filiado ao PP e está no primeiro escalão desde 1º de janeiro de 2017, data em que Emanuel tomou posse como prefeito. Considerado experiente na política, ele já foi prefeito de Nossa Senhora do Livramento e presidente da extinta Sanecap.

Também será confirmada a troca do procurador-geral Nestor Fidelis pelo advogado Luiz Antônio Possas de Carvalho, conforme  noticiou em 30 de janeiro. O anúncio seria feito no início de fevereiro, mas acabou adiado por decisão de Emanuel.

Nestor Fidelis, que atuou como coordenador jurídico da campanha de Emanuel em 2016, também assumiu a Procuradoria quando o prefeito foi empossado. Filiado ao MDB, o substituto Luiz Antônio Possas de Carvalho foi secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos na gestão do ex-governador Silval Barbosa. Em 2016, chegou a ser nomeado para diretoria de Obtenção de Terras e Implantação de Projetos de Assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Luiz Antônio Possas de Carvalho é irmão do secretário municipal de Fazenda, Antônio Roberto Possas de Carvalho. Beto Possas, como é conhecido, também está na equipe de Emanuel desde 1º de janeiro de 2017.

Outros dois secretários municipais estão sendo avaliados por Emanuel, que não descarta substituí-los. São eles, Elizeth Araújo (Saúde) e Rafael Cotrim (Educação), que é filiado ao PTB.

Em 30 de janeiro, a prefeitura anunciou a exoneração da jornalista Karol Garcia do cargo de secretária municipal de Inovação e Comunicação após três meses à frente da pasta. O cargo foi acumulado pelo controlador-geral do Município, Marcus Brito.

Neste ano, Emanuel já havia substituído o secretário municipal de Habitação e Regularização Fundiária. O defensor público Djalma Sabo Mendes (PDT) deixou o cargo para concorrer a deputado estadual e a vaga foi preenchida pelo também defensor público, Air Praeiro.

Emanuel já havia sinalizado com as mudanças no staff. Durante vistoria nas obras do novo Hospital e Pronto-Socorro, realizadas no mês passado, o emedebista anunciou que trocas de comando aconteceriam nesta semana e não descartou fusão de pastas.

Comentários