POLÍTICA ▸ ELEIÇÕES 2018

DEM oficializa candidatura de Mauro Mendes ao Governo de MT

Acabou a novela. Mauro Mendes (DEM) será candidato ao Governo do Estado neste ano um provável confronto contra o governador Pedro Taques (PSDB) e o senador Wellington Fagundes (PR).

A definição do nome do ex-prefeito de Cuiabá para a corrida eleitoral foi feita na noite desta segunda-feira, em uma reunião realizada com a cúpula do Democratas de Mato Grosso. “Eu estou disposto a construir isso junto com partido. Não depende só de mim. A decisão de uma candidatura não é algo que se faz sozinho, não é algo que se faz só com o seu próprio partido”, afirmou Mauro Mendes.

A definição de Mauro saiu após a divulgação da pesquisa feita pelo instituto Vox Populi, contratada pelo diretório nacional do Democratas e entregue nesta segunda-feira. Nela, o ex-prefeito de Cuiabá aparece como um dos favoritos para o pleito deste ano. “O Democratas definiu dar início à construção das candidaturas majoritárias de Mauro Mendes e Jaime Campos. Vamos a partir de hoje buscar construir a viabilidade eleitoral, política, partidária e estrutural dessas candidaturas. Vamos seguir andando o estado e construindo um novo projeto para Mato Grosso”, afirmou o presidente estadual do DEM, o deputado federal Fábio Garcia.

Na quarta-feira, o DEM recebeu outra amostra. Desta vez, os números serão do Ibope.

Também ficou definido que Jayme Campos será o candidato do partido para o Senado. Com isso, restam apenas duas vagas para composição da chapa: uma para o Senado e outra para vice-governador.

O favorito para vaga de vice é o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT). Já a outra vaga ao Senado seria oferecida ao ex-vice-governador Carlos Fávaro (PSD), que já sinalizou uma aliança com Welligton Fagundes.

Pivetta chegou a afirmar que, caso Mauro Mendes não fosse candidato, ele mesmo disputaria a eleição ao Governo. Fábio Garcia afirmou que as conversas para montagem da chapa serão intensificadas a partir de agora. “Vamos iniciar as conversas com os partidos que acreditam em um novo projeto para Maro Grosso que estamos buscando construir pautado na boa gestão, na eficiência, na modernidade, na transparecia, na verdade, na desburocratização do estado e em uma melhor distribuição das riquezas produzidas no estado”, completou.

AFASTAMENTO

Também na reunião de hoje, Mauro comunicou aos aliados democratas que, a partir desta terça-feira, irá se afastar das funçõe empresariais. Ele buscará fortalecer o quadro de legendas aliadas.

Comentários