ESPORTES ▸ SELEÇÃO

Cuca, do São Paulo, revela pedido de Antony para servir a Seleção Sub-23 e cobra coerência da CBF

Antes do treino do São Paulo, nesta sexta-feira, o técnico Cuca concedeu entrevista coletiva e disse que o atacante Antony deseja servir a seleção olímpica no Torneio de Toulon, na França, entre os dias 1 e 15 de junho.

Na última quarta-feira, o GloboEsporte.com noticiou que o São Paulo pediria a liberação do atacante, que pode perder três jogos do Campeonato Brasileiro – Cruzeiro (7ª rodada), Avaí (8ª rodada) e Atlético-MG (9ª rodada) – e a volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Bahia.

– Tem de tomar cuidado. Torcedor é passional. Quanto mais jogador servir a seleção, melhor. Sinal de bom trabalho. A CBF vai ter uma coerência, imagino. Não quero privar o Antony de ir para a Seleção. Ele veio me pedir: "Professor, quero ir". Falei, lógico que vai. Mas queremos coerência – disse Cuca.

No entanto, Cuca fez uma ressalva e vai esperar pela decisão dos demais clubes sobre seus jogadores convocados. O Santos, por exemplo, tem Rodrygo na lista e vai pedir a liberação.

– Se todos (os demais convocados) forem, naturalmente ele vai servir a Seleção – comentou o treinador.

Caso haja essa coerência dita por Cuca, o São Paulo deve pedir à CBF para que Antony seja liberado dia 30 de março, e não dia 27, data de apresentação. Assim o jogador poderá enfrentar o Bahia, no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil, no dia 29 de maio.

No Campeonato Brasileiro, Antony já tem duas assistências em quatro jogos. O jogador também é o terceiro que mais finaliza no São Paulo.

Além dele, outros quatro jogadores do São Paulo foram pré-convocados na lista de 35 atletas: Igor Vinícius, Rodrygo, Walce e Igor Gomes.

Comentários